fbpx

Carlo Acutis: conheça sua história

01 outubro 2020 / By Francisco Eugênio

A Santa Igreja Católica, em festa, realizou a cerimônia de beatificação do jovem italiano Carlo Acutis no dia 10 de outubro de 2020, cujo exemplo de vida tem cativado diversos cristãos ao redor de todo o mundo.

Carlo colocou a santidade como o seu objetivo de vida e fez do amor a Jesus Eucarístico o principal pilar da sua fé. 

Carlo Acutis: exemplo para o jovens

Vivemos em tempos muito difíceis, onde o jovem contemporâneo é carente de bons modelos a serem seguidos e é constantemente assediado por ofertas do mundo que o afastarão do caminho de Deus.

Assim, é urgente que se mostre exemplos concretos de santidade aos jovens, para prová-los que ela é sim possível de ser vivida mesmo em tenra idade.

Carlo Acutis, agora Venerável: Eucaristia, minha autoestrada para o céu -  Vatican News

Nascido em 1991, Carlo Acutis era um adolescente normal: gostava de jogar videogame, de estar junto aos amigos, viajar e de praticar esportes. Segundo sua mãe, ele “trazia em si uma vida espiritual e tinha dons especiais no uso da internet”. 

Carlo utilizava a rede para evangelizar. Como era profundamente apaixonado pela Sagrada Eucaristia, utilizou o seu dom com a informática para criar exposições virtuais sobre assuntos ligados à fé, principalmente a catalogação dos Milagres Eucarísticos que aconteciam pelo mundo. Por isso, ficou conhecido como o “ciberapóstolo da Eucaristia”. 

Leia também: Instagram para católicos – Lançai as redes

Pastoralmente, participava da Missa todos os dias e rezava o terço, sendo grande devoto da Virgem Maria. Dava aulas de catecismo e ajudava as pessoas mais necessitadas. Costumava distribuir roupas e alimentos às pessoas pobres e desabrigadas de Milão. 

Afirmava que a Santa Missa, a Eucaristia, o terço, a leitura diária da Bíblia, a confissão dos pecados e a caridade ao próximo formavam um “kit santidade” e eram uma estrada certeira para se chegar ao Céu.

Carlo tinha um caráter forte, decidido. Sua paixão pela informática fazia com que estudasse novos programas. Também gostava muito de jogar PlayStation com seus amigos.

Em sala de aula – primeiro na escola das Irmãs Marcelinas e depois com os jesuítas no Liceu Leão XIII – era amigo de todos, mas sobretudo dos mais necessitados. Seus colegas, inclusive os não crentes, queriam estar com ele. Pediam-lhe conselho e ajuda. Buscavam-no. Porque com Carlo se ficava à vontade, havia algo atraente nele.

Aos 15 anos, Carlo foi diagnosticado com uma forma bastante agressiva de leucemia. Sem se abalar na fé, ofereceu todos os seus suplícios a Deus, na intenção do Papa Bento XVI e da Igreja Católica. Dizia sempre que queria ir direto para o Céu. 

E assim foi, no dia 12 de outubro de 2006, Carlo partiu para encontrar-se com o maior amigo que fez em sua breve vida: Jesus Cristo. 

Em sua Exortação Apostólica “Christus Vivit”, o Papa Francisco mencionou o formidável uso que Carlo Acutis fez dos meios digitais para a evangelização:

“Ele sabia que o mecanismo de comunicação das redes sociais poderia nos tornar sujeitos adormecidos e fechados na negatividade. Mas ele soube usar as novas técnicas de comunicação para transmitir o Evangelho”.  

Quis Deus que o milagre para a sua beatificação viesse a acontecer no Brasil: uma criança que sofria de uma rara doença congênita recebeu a cura divina após rezar diante de uma relíquia de Carlo. 

O venerável Carlo Acutis foi jovem igual a todos nós e carregou dentro de si um coração santo, o que certamente será confirmado pela Igreja em muito breve. É exatamente assim que devemos querer ser. 

Exemplos como o dele nos provam que podemos fazer grandes obras quando decidimos que seguir Jesus Cristo será a principal razão das nossa vidas.

Além disso, precisamos ter a certeza de que, em Carlo, ganhamos um amigo no Céu, capaz de interceder por nossas vidas e nos ajudar na caminhada em busca de uma vida santa e mais próxima de Jesus.

About The Author

Francisco Eugênio

Um cristão designer apaixonado em solucionar problemas com criatividade. Casado com Aline Rocha, 28 anos, pai do Bento, natural do Rio de Janeiro - RJ.

Leave a Comment

*Please complete all fields correctly